Falando "pensando" alto!, Falando de Maternidade, Papo de Mulher, Sem categoria

FAÇA AS UNHAS

          Eu estava no meio de uma reunião importante no trabalho, olhos atentos aos indicadores apresentados no telão, até minha amiga começar a falar sobre os resultados do ano e gesticular com as mãos. Impossível não reparar suas lindas unhas de acrigel que falavam junto com ela e lhe davam a altivez digna de uma mulher segura e forte.  Então olhei para as minhas unhas e, por conseguinte olhei para mim. “Se eu tiver sorte consigo um encaixe ou um horário na manicure ainda hoje! ” Eu realmente não pensei duas vezes! Ao chegar em minha mesa, liguei e marquei! Se eu pensasse mais um pouco, certamente não iria fazê-lo tendo em vista as minhas mil prioridades antes de mim…  A atendente então falou: “Tem uma vaga para agora! A senhora deseja marcar? ” Sim, eu desliguei e sai…  Envolvida pela atmosfera gostosa do salão de beleza, todo mundo sorrindo, todo mundo feliz… ali estava eu… Ali eu respirei fundo e pensei : como é bom estar aqui! Eu olhei para a quantidade de cutículas que saiam das minhas unhas e então mais uma vez olhei para mim! Tentei lembrar qual foi a última vez que fiz as unhas no salão… Qual foi a última vez que fiz as minhas unhas… Fiquei envergonhada quando lembrei que a última vez que fiz as unhas foi quando minha filha nasceu, e ela já está com dez meses! Uau! As unhas que eram feitas toda a semana ou de 15 em 15 dias, estavam a dez meses por fazer…  Estar ali fazendo as unhas foi libertador! Não porque chorei minhas lágrimas para a manicure, (coitadas das manicures! Por vezes precisam estar com um estoque de conselhos ou uma caixinha de lencinho para acudir as muitas mulheres que chegam no salão precisando desabafar…) mas quando digo que estar ali foi libertador, quero dizer que ali eu parei um pouco e olhei para mim! Ei você mãe de dois, profissional, esposa, filha, dona de casa, ministra, você também é mulher sabia? Ei cadê você? Esqueceu de ti mulher?

          Talvez você, como eu, esteja imersa a tantas coisas, tantos compromissos, tantas responsabilidades, tantos afazeres e obrigações que esqueceu de você mesma! Vive a cuidar dos outros, não consegue dizer não, e, por conseguinte vai estocando mais e mais tarefas… arruma um jeito de resolver os problemas de todo mundo, mas os seus acabam ficando de lado. Ou mesmo que tente resolver os seus, VOCÊ acaba ficando de lado! A maquiagem talvez esconda as marcas de um olhar cansado e sobrecarregado, o sorriso no rosto talvez esconda as tristezas e preocupações que abatem sua alma, e assim você caminha, servindo, amando e dando o seu melhor! Eu sei! Mas talvez hoje, talvez agora, seja o momento de parar um pouco olhar para as suas unhas, olhar para si e então ir fazer suas unhas!

Texto escrito por: Sunamita Marinete

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s