Falanças, Falando "pensando" alto!, Fragmentos e Reflexões, Papo de Mulher, Sem categoria

Única e insubstituível!

         Há algumas semanas eu precisei abrir uma conta no banco, e após aguardar pacientemente a atendente  digitalizar e re-digitalizar meus documentos, ir em outro andar para pegar as impressões que fizera em sua máquina e catar milho literalmente... Eu fiquei bem impaciente quando ela me informou que não poderia dar continuidade… Continuar lendo Única e insubstituível!

Anúncios
Falando "pensando" alto!, Fragmentos e Reflexões, Sem categoria

Viva o poderoso AGORA! Seja feliz HOJE!

          Fomos formados em um lugar onde não havia tempo. A nossa paz era sustentada pela eternidade que havia em nós. Desde o dia em que o engano contaminou nosso coração, ficamos confusas e inseguras, na tentativa de ampliar nosso controle – carregando lembranças e expectativas que deixam a vida pesada… Continuar lendo Viva o poderoso AGORA! Seja feliz HOJE!

Falando de Maternidade, Fragmentos e Reflexões, Papo de Grávida, Papo de Mulher

A grande corrida pela vida

        E por que eu amo os textos do autor Augusto Cury, compartilho com vocês esse texto surpreendente! Bora ser feliz!!         Um dia você foi qualificado para entrar na maior corrida de todos os tempos. Eram milhões de concorrentes. Pense nesse número. Quase todos tinham o mesmo potencial para… Continuar lendo A grande corrida pela vida

Falando "pensando" alto!, Fragmentos e Reflexões, Letra & Música, Papo de Mulher

♫ Não desista dos seus sonhos ♫ Pimentas do Reino

        Quero dedicar essa linda canção a todas as mulheres que um dia se apaixonaram, se decepcionaram, desacreditaram, ou sofreram a dor da perda, da espera ou desilusão. Não desistam nunca de sonhar e acreditar! Deus tem o melhor pra você! Muito mais do que você sonhou ou desejou um dia! Você… Continuar lendo ♫ Não desista dos seus sonhos ♫ Pimentas do Reino

Falanças, Falando "pensando" alto!, Fragmentos e Reflexões

O Menestrel – William Shakespeare

Era época de escola, eu estava sentada no canto direito da sala de cabeça abaixada folheando o caderno. Quando a professora de Literatura começou a ler um texto em voz alta… com olhar interessado eu levantei a cabeça, era o texto mais lindo que eu já tinha ouvido…